Galeria dos prefeitos de Taquaritinga

Brasil Império

Na época do Império, o Intendente, que era o cargo equivalente à época ao atual Prefeito, era, em geral o Presidente da Câmara, que era o vereador mais votado, para um mandato de quatro anos. Não era muito clara no Município a separação de Poderes, não havendo distinção entre Legislativo e Executivo.

Bernardino José de Sampaio

Bernardino José de Sampaio

16 de agosto de 1892 a 06 de janeiro de 1893

Fundador de Taquaritinga. Liderou o movimento para fundar o município. Foi doador da maioria das terras.

José Camilo de Camargo

07 de janeiro de 1893 a 11 de janeiro de 1896

Manoel Rodrigues Estrela

11 de janeiro de 1896 a 25 de outubro de 1897

José Inocêncio de Carvalho Lima Filho

26 de outubro de 1898 a 04 de março de 1899

Sebastião Moreira da Silva

Sebastião Moreira da Silva

05 de março de 1899 a 20 de fevereiro de 1900

Próspero fazendeiro, cultivador de café

Brasil República - República Velha

A Constituição de 1889, promulgada pouco tempo depois da proclamação da República, estabelece a separação entre Legislativo e Executivo. Fica claro o papel do Intendente e suas responsabilidades. Apesar de o vereador mais votado continuar sendo aclamado Presidente da Câmara, o Intendente passou a ser eleito entre os vereadores.

Até 1905, não havia proibição da Intendência e a Presidência da Câmara serem ocupadas pela mesma pessoa. Depois desta data, embora o Intendente devesse ser um vereador, escolhido por seus pares, não poderia ser o Presidente da Câmara. Isso era ruim, porque o Intendente renunciava ao mandato para voltar a ser vereador de acordo com as conveniências políticas, fragilizando o Executivo.

José de Castro Lima

José de Castro Lima

21 de fevereiro de 1900 a 26 de agosto de 1901

Gaúcho, era farmacêutico.

Sebastião Moreira da Silva

Sebastião Moreira da Silva

27 de agosto de 1901 a 07 de janeiro de 1902

Próspero fazendeiro, cultivador de café

Coronel Gustavo Augusto de Moraes

08 de janeiro de 1902 a 07 de fevereiro de 1903

Juvenal Cândido de Almeida Leite

Juvenal Cândido de Almeida Leite

08 de fevereiro de 1903 a 18 de janeiro de 1904

Foi escolhido Intendente depois de perder a eleição para Presidente da Câmara. Em sua gestão, por causa de uma grave crise que afetou o café, o imposto sobre essa mercadoria foi diminuído e reduzido o ordenado dos empregados municipais.

Francisco Ludgero Cunha

19 de janeiro de 1904 a 09 de janeiro de 1905

Honório de Oliveira Camargo

10 de janeiro de 1905 a 09 de janeiro de 1906

Sebastião Moreira da Silva

Sebastião Moreira da Silva

10 de janeiro de 1906 a 07 de janeiro de 1907

Próspero fazendeiro, cultivador de café

Teófilo Rocha

08 de janeiro de 1907 a 15 de janeiro de 1908

Dr. Joaquim Machado de Faro Rollemberg

16 de janeiro de 1908 a 15 de janeiro de 1910

João Braga

16 de janeiro de 1910 a 15 de janeiro de 1911

Dr. Joaquim Machado de Faro Rollemberg

16 de janeiro de 1911 a 05 de outubro de 1911

Coronel Augusto de Morais

06 de outubro de 1911 a 16 de outubro 1911

Major Savério Calderazzo

Major Savério Calderazzo

17 de outubro de 1911 a 26 de outubro de 1911

Membro da Guarda Nacional, fazendeiro cultivador de café e professor

José Ferreira Leite

José Ferreira Leite

27 de outubro de 1911 a 15 de janeiro de 1912

Próspero fazendeiro, cultivador de café

Dr. Tertuliano Arthur de Moraes Delfim

16 de janeiro de 1912 a 12 de dezembro de 1912

José Ferreira Leite

José Ferreira Leite

13 de dezembro de 1912 a 04 de fevereiro de 1913

Próspero fazendeiro, cultivador de café

José Ferreira Leite

José Ferreira Leite

05 de fevereiro de 1913 a 15 de janeiro de 1914

Próspero fazendeiro, cultivador de café

José Ferreira Leite

José Ferreira Leite

16 de janeiro de 1914 a 15 de janeiro de 1915

Próspero fazendeiro, cultivador de café

José Ferreira Leite

José Ferreira Leite

16 de janeiro de 1915 a 16 de janeiro de 1916

Próspero fazendeiro, cultivador de café

Dr. Joaquim Mariano da Costa

17 de janeiro de 1916 a 15 de janeiro 1917

Major Savério Calderazzo

Major Savério Calderazzo

16 de janeiro de 1917 a 01 de dezembro de 1917

Membro da Guarda Nacional, fazendeiro cultivador de café e professor

Major Francisco Florêncio da Rocha

02 de dezembro de 1917 a 15 de janeiro de 1919

Thomaz Sebastião de Mendonça

Thomaz Sebastião de Mendonça

16 de janeiro de 1919 a 15 de janeiro de 1923

Fazendeiro cultivador de café, pessoa bem relacionada socialmente. Foi delegado de polícia por um dia, durante a Revolta do Ribeirãozinho.

Mário da Silva Camargo

Mário da Silva Camargo

16 de janeiro de 1923 a 14 de janeiro de 1924

Dr. Jacintho de Souza

15 de janeiro de 1924 a 04 de setembro de 1928

Luiz Nogueira Porto

05 de setembro de 1928 a 15 de janeiro de 1929

Coronel Manoel Gomes de Mendonça

16 de janeiro de 1929 a 27 de outubro de 1930

Golpe de 1930

Quando Getúlio Vargas, candidato à Presidência da República derrotado nas eleições de 1930, aplica um golpe de Estado e derruba o presidente Washington Luís e assume o poder, ele determina que o Executivo Municipal não será mais dirigido por Intendente em Intendências, mas por Prefeitos, a partir de Prefeituras, os quais seriam indicados. Nem sempre eram pessoas que tinham qualquer afinidade com a população ou mesmo com o município, mas eram encarregadas de manter a ordem e a paz local.

Dr. Carlos Belarmino de Almeida Neto

Dr. Carlos Belarmino de Almeida Neto

28 de outubro de 1930 a 17 de janeiro de 1931

Médico, era chefe do Posto de Saúde quando ocorreu o Golpe de Getúlio. Foi nomeado para o cargo pelo Governo, mas era muito admirado e respeitado pela população.

Dr. Carlos de Oliveira Novaes

Dr. Carlos de Oliveira Novaes

18 de janeiro de 1931 a 02 de outubro de 1932

Fazendeiro, cultivador de café e pecuarista. Um dos homens mais ricos da região na época.

Dr. Francisco Arêa Leão

Dr. Francisco Arêa Leão

03 de outubro de 1932 a 04 de outubro de 1933

Médico piauiense, foi indicado pelo Governo Vargas. Foi prefeito municipal por mais duas vezes: uma pela Câmara Municipal e outra pelo voto popular.

Celso Ferreira de Camargo

Celso Ferreira de Camargo

05 de outubro de 1933 a 03 de março de 1934

Fazendeiro, era proprietário da Fazenda Paraguaçu, motivo pelo qual também se tornou conhecido por esta alcunha. A Fazenda Paraguaçu, antigamente, outrora compreendia boa parte da atual zona norte da cidade.

Dr. Leonel Benevides de Rezende

Dr. Leonel Benevides de Rezende

04 de março de 1934 a 14 de agosto de 1935

Advogado, era proprietário de uma fazenda com mais de 1.100 alqueires de terra, entre Taquaritinga e Guariba. Político respeitado, foi o último prefeito indicado pelo Governo Vargas.

José da Silva Camargo

José da Silva Camargo

15 de agosto de 1935 a 30 de novembro de 1936

Ocupou o cargo de prefeito em razão da renúncia de Dr. Leonel Benevides de Rezende. Conhecido como Juca Camargo, era farmacêutico e conceituado cidadão.

A partir de 1936

A partir de 1936, de acordo com a Constituição Federal de 1934, promulgada por Getúlio Vargas, os Prefeitos passaram a ser eleitos pelo povo. Apesar disso, em alguns momentos de repressão e ditadura, os prefeitos eventualmente não eram eleitos, mas indicados pelo Governador do Estado.

Em meados dos anos 40, com o fim da Era Vargas e retomada da Democracia no país, houve na época preocupação em realizar os registros das crônicas administrativas. A partir deste tempo, a cronologia documental da Municipalidade está mais organizada, permitindo o detalhamento das ações promovidas pelos Prefeitos.

Dr. Francisco Arêa Leão

Dr. Francisco Arêa Leão

30 de novembro de 1936 a 29 de setembro de 1941

Médico, exercendo pela segunda vez o mandato de Prefeito, mas, desta vez, eleito pela Câmara Municipal.

Dr. Carlos de Oliveira Novaes

Dr. Carlos de Oliveira Novaes

30 de setembro de 1941 a 06 de abril de 1947

Fazendeiro, cultivador de café e pecuarista. Um dos homens mais ricos da região na época. Mesmo neste segundo mandato, somente assumiu o cargo por indicação do Governo.

Manoel dos Santos

07 de abril de 1947 a 17 de janeiro de 1948

Em razão do afastamento do Prefeito, o então presidente da Câmara Municipal, Manoel dos Santos, assumiu o cargo até a posse do próximo Executivo, que foi eleito, voltando à vereança em seguida.

Dr. Francisco Arêa Leão

Dr. Francisco Arêa Leão

18 de janeiro de 1948 a 31 de dezembro de 1951

Eleito pelo voto popular pela primeira vez depois de exercer o cargo por outros dois mandatos anteriores.

Ernesto Salvagni

Ernesto Salvagni

01 de janeiro de 1952 a 14 de março de 1955

Fazendeiro, agricultor, industrial e banqueiro, iniciou sua carreira política como Prefeito Municipal. Consagrou-se nas urnas ao cargo de Deputado Estadual em 3 de outubro de 1954.

Dr. Adail Nunes da Silva

Dr. Adail Nunes da Silva

15 de março de 1954 a 31 de dezembro de 1955

Advogado, assumiu a Prefeitura pela primeira vez porque era vice-prefeito de Ernesto Salvagni, que foi eleito Deputado Estadual.

Dr. Ademar Carvalho Gomes

Dr. Ademar Carvalho Gomes

01 de janeiro de 1956 a 08 de junho de 1959

Advogado, proprietário da Fazenda Figueira. Consagrou-se nas urnas como Deputado Estadual, como antes acontecera com Ernesto Salvagni.

Dr. Pedro Perotti

Dr. Pedro Perotti

09 de junho de 1959 a 31 de dezembro de 1959

Engenheiro, assumiu a Prefeitura pela primeira vez porque era vice-prefeito de Dr. Ademar de Carvalho Gomes, que foi eleito Deputado Estadual.

Dr. Adail Nunes da Silva

Dr. Adail Nunes da Silva

01 de janeiro de 1960 a 31 de dezembro de 1963

Eleito prefeito pela primeira vez, exerce o cargo pela segunda vez. Depois de concluir esse mandato, se elege vereador, tendo ocupado a Presidência da Câmara em 1964.

Dr. Waldemar D’Ambrosio

Dr. Waldemar D’Ambrosio

01 de janeiro de 1964 a 31 de janeiro de 1969

Advogado e professor. Antes de ser eleito Prefeito, foi Presidente da Câmara Municipal por duas legislaturas.

Dr. Adail Nunes da Silva

Dr. Adail Nunes da Silva

01 de fevereiro de 1969 a 31 de janeiro de 1973

Exerce o mandato de Prefeito pela terceira vez.

Dr. Waldemar D’Ambrosio

Dr. Waldemar D’Ambrosio

01 de janeiro de 1974 a 31 de janeiro de 1977

Exerce seu segundo mandato como Prefeito.

Dr. Sérgio Schlobach Salvagni

Dr. Sérgio Schlobach Salvagni

01 de fevereiro de 1977 a 13 de maio de 1982

Advogado e empresário. Ainda é a pessoa mais jovem a ter ocupado o cargo de Prefeito, segundo os registros existentes. Deixou o mandato para tentar a eleição para Deputado Estadual, não obtendo êxito.

Dr. Deolindo Dantas

Dr. Deolindo Dantas

14 de maio de 1982 a 01 de fevereiro de 1983

Professor, advogado e militar, assumiu a Prefeitura pela primeira vez porque era vice-prefeito de Dr. Sérgio Salvagni, que foi candidato a Deputado Estadual.

Dr. Adail Nunes da Silva

Dr. Adail Nunes da Silva

01 de fevereiro de 1983 a 01 de dezembro de 1986

Adoentado, afastou-se do cargo em 19 de novembro de 1986, vindo a falecer em 01 de dezembro de 1986.

Dr. Horácio Ramalho

Dr. Horácio Ramalho

01 de dezembro de 1986 a 06 de julho de 1987

Advogado, professor e escritor, foi tenente na Revolução de 32, da qual Taquaritinga participou ativamente. Assumiu o cargo de Prefeito após o afastamento do Dr. Adail Nunes da Silva, de quem era vice. Também faleceu no exercício do cargo.

Dr. Antonio Carlos Nunes da Silva

Dr. Antonio Carlos Nunes da Silva

06 de julho de 1987 a 31 de dezembro de 1988

Engenheiro e empresário, assumiu o cargo de Prefeito em razão do falecimento do Dr. Horácio Ramalho, que era vice do Dr. Adail, de quem era filho e que havia falecido cerca de sete meses antes. Este é o seu primeiro mandato como Prefeito. É também conhecido como por seu apelido, Tato Nunes.

Milton Arruda de Paula Eduardo

Milton Arruda de Paula Eduardo

01 de janeiro de 1989 a 31 de dezembro de 1992

Empresário e agricultor. É também conhecido como por seu apelido, Milton Nadir, em referência a seu pai, o comerciante Nadir de Paula Eduardo.

Dr. Antonio Carlos Nunes da Silva

Dr. Antonio Carlos Nunes da Silva

01 de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1996

Exerceu pela segunda vez o cargo de prefeito, desta vez é eleito pelo voto popular.

Dr. Sérgio Schlobach Salvagni

Dr. Sérgio Schlobach Salvagni

01 de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2000

Exerceu o cargo de Prefeito pela segunda vez.

Milton Arruda de Paula Eduardo

Milton Arruda de Paula Eduardo

01 de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2004

Pela segunda vez ocupou o cargo de Prefeito.

José Paulo Delgado Jr.

José Paulo Delgado Jr.

01 de janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2008

Jornalista, pela primeira vez, ocupou o cargo de Prefeito.

José Paulo Delgado Jr.

José Paulo Delgado Jr.

01 de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2012

Jornalista, pela segunda vez, ocupou o cargo de Prefeito.

Dr. Fulvio Zuppani

Dr. Fulvio Zuppani

01 de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2016

Médico, pela primeira vez ocupa o cargo de Prefeito.