Noticias

Comissão defere 43 inscrições para o Conselho Tutelar de Taquaritinga

Comissão defere 43 inscrições para o Conselho Tutelar de Taquaritinga

A Comissão Eleitoral deferiu 43 inscrições para o Processo Unificado de membros do Conselho Tutelar do município, após análise das documentações apresentadas pelos interessados. Outras 13 pessoas tiveram a inscrição indeferida e poderão apresentar recurso até esta sexta-feira (19), na Secretaria de Desenvolvimento Social, das 10h às 12h e das 14h às16h. A relação das inscrições aceitas e das indeferidas poderá ser acessada no Diário Oficial do município, Edições n.º 817 e 817 A.

De acordo com a presidente da Comissão, Andréa Junqueira, os casos de indeferimentos se deram porque os candidatos não apresentaram a documentação exigida, ou documento sem validade. Os recursos deverão ser feitos em duas vias assinadas pelo candidato.  

A relação final dos candidatos habilitados será divulgada no próximo dia 22. Nos dias 26 e 27 de julho, eles participarão de um curso preparatório para a função, sendo que no dia 31 de agosto serão submetidos a uma prova de conhecimentos específicos. Aqueles que atingirem pontuação mínimo de 50% na prova estarão aptos para a eleição programada para o dia 6 de outubro.  

A Prefeitura de Taquaritinga, através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), oferece cinco vagas de Conselheiro Tutelar para o quadriênio 2020/2024. O salário mensal oferecido é de um e meio piso salarial do quadro dos Servidores efetivos da Prefeitura Municipal de Taquaritinga (Equivalente nesta data a R$ 1.755,83 (um mil, setecentos e cinquenta e cinco reais e oitenta e três centavos), mais o benefício do Cartão Alimentação, que a partir de agosto próximo será de R$ 400,00, para uma jornada de atendimento ao público das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, sem prejuízo do atendimento em regime de plantão/sobreaviso, assim como da realização de outras diligências e tarefas inerentes ao órgão, que serão definidas em escala própria.

Para a função, o candidato deverá ter idade mínima de 21 anos, possuir domicílio eleitoral em Taquaritinga por no mínimo três anos, apresentar certificado de conclusão do Ensino Médio ou equivalente, e possuir experiência na promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente pelo período mínimo de seis meses.

O edital completo pode ser verificado na página oficial do município – www.taquaritinga.sp.gov.br, no link “Diário Oficial Eletrônico”, no Diário Eletrônico n.º 808, página 6 https://dosp.com.br/exibe_do.php?i=NjgxMTk=